Atento ao crescimento da população de escorpião amarelo em Porto Alegre, o Colégio João XXIII fará no sábado à tarde, 10/11, a repelência de escorpiões. O foco são as áreas utilizadas pela Educação Infantil e Ensino Fundamental, incluindo areias e pátios de uso comuns. Esse serviço, realizado pela EcoAmbiental, empresa que realiza o controle de pragas na Escola, também foi realizado no início de 2018.  

O produto utilizado pela EcoAmbiental é aprovado pelo Ministério da Saúde e recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).  Além disso, trimestralmente, a empresa dá assistência direta para a Escola relacionada ao controle de vetores.

Os departamentos dos Serviços Gerais, Manutenção e Portaria do João XXIII já foram orientados sobre os cuidados que se deve ter, assim como o que fazer no caso de aparecimento do escorpião amarelo. As auxiliares das etapas também estão sendo orientadas. 

No Rio Grande do Sul há o Centro de Informacoes Toxicológicas, que atende 24 horas por meio do telefone 0800 721 3000. Em caso de picada, a Secretaria da Saúde orienta a ida imediata ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), único local de Porto Alegre onde há o soro antiescorpiônico, segundo a Vigilância Sanitária.

O site https://sites.google.com/view/escorpiaoamarelopoa/, produzido pela Secretaria Municipal de Saúde - Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde, também traz informações sobre a espécie, que aumentou em Porto Alegre nos últimos anos, mas não há motivo para alarde, conforme a Vigilância Sanitária.  

 Fique atento - Para manter os escorpiões longe, é recomendado colocar telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques; fechar frestas nas paredes, móveis e rodapés para que não sirvam de esconderijo para os animais. Por serem animais resistentes ao veneno, a Vigilância Sanitária desaconselha o uso de veneno.  O uso de produtos incorretos provoca o desalojamento da espécie, favorecendo que a população saia de seus esconderijos.

Não acumule lixo e entulho nos quintais, jardins e terrenos baldios. Cuide com restos de obras e terraplanagem que possam causar acúmulo de entulho.

Coloque o lixo em sacos plásticos fechados e mantenha caixas de gordura e ralos de banheiro e de cozinha limpos para evitar baratas e outros insetos, que são fontes de alimento para os escorpiões.

Por último, verifique calçados, roupas, toalha e roupas de cama antes de usá-los. Mantenha camas e berços afastados da parede e evite que lençóis toquem no chão.