O grave momento ensejou a concessão de uma liminar que suspendeu as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do RS - a decisão é da Juíza Rada Maria Metzger Kepes Zaman, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Ao apreciar recurso do Estado do RS à decisão da Juíza Rada, o desembargador Antônio Vinícius da Silveira, do Tribunal de Justiça do RS, manteve a decisão de suspensão das aulas. E, na noite da quinta-feira, 04/03, o Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Luiz Fux, também negou idêntico pedido do Estado. Ainda na quinta, o Governador do Estado anunciou mais uma semana sob a bandeira preta e sem o sistema de cogestão com os municípios.

Prosseguimos, desse modo, buscando e somando energias para seguir com todos os cuidados que o momento pede. Reafirmamos o desejo enorme de que os próximos dias nos apontem melhoras para podermos nos reencontrar presencialmente, tão logo seja possível, idealmente em 15/3.

COE-E Local Diretorias Pedagógica e Executiva

Seu navegador não suporta a visualização de PDFs.

Para efetuar o download do arquivo clique neste link: Comunicado: suspensão das atividades presenciais