Curiosidade das crianças pelo universo das cartas possibilita experiência significativa e solidária

Encantados pelo universo das cartas, o maternal MH conheceu a agência central dos Correios, localizada na rua Siqueira Campos, no centro da cidade. A saída de campo, no dia 27, é fruto de experiências e aprendizagens vivenciadas ao longo do segundo semestre em torno do universo das máquinas. Apoiada pela professora Luciana Colussi e pelas famílias, a turma construiu máquinas e recantos, possibilitando explorações simbólicas, sensoriais, lógicas e imaginativas. Um dos recantos, criado para o antigo teclado de uma máquina de escrever Oliveti, inspirou a escrita de cartas, a construção de uma caixa de correio e a visita da carteira Sandra Cavalieiro Figueiredo.

A diversidade de experiências e de novas aprendizagens aguçou ainda mais a curiosidade dos pequenos em relação às cartas. Para responder questionamentos como “Pra onde o carteiro leva a nossas cartas?”, “Onde  é o correio?” e “As cartas vão de avião?”, a professora organizou a ida aos Correios.

Além de vivenciar um pedacinho do trabalho dos carteiros, a visita possibilitou a participação de parte da Educação Infantil do João XXIII na campanha “Papai Noel dos Correios” que estimula a solidariedade através do envio de cartas-resposta e do atendimento, dentro do possível, dos pedidos de presentes de crianças carentes de todo o Brasil.

Com a orientação da professora, cada criança escolheu uma cartinha para, junto da família, realizar um desejo. “Neste sentido, a aprendizagem de conceitos e significados socialmente construídos são desenvolvidos pelos nossos pequenos a partir de uma escuta e participação ativa no mundo em que vivem. Isso tudo contribui para que o entendimento de mundo e a própria construção de conhecimentos seja algo dinâmico, provisório e contínuo, que se dá através de intensas trocas. Nesse processo, as crianças vão gradativamente percebendo relações e desenvolvendo a capacidade que possuem de articular seus conhecimentos e habilidades prévias com as novas informações e experiências que surgem”, disse a professora. “Atrelar tudo isto à ideia de que através do conhecimento podemos nos comunicar e ajudar uns aos outros, certamente traduz o sentido maior de nossa proposta educativa junto às crianças”, falou a coordenadora da Educação Infantil Márcia Valiati.