Depois de se engajarem na Olímpiada de Biologia e na Olímpiada Internacional “Mathématiques sans Frontières” (OIMSF), estudantes do João XXIII se preparam  para participar de outros eventos interescolares 

Neste ano, participaram da OIMSF apenas equipes do 5º ano do Ensino Fundamental. Os 47 estudantes inscritos formaram grupos para resolver a prova na Escola, na sexta, 5/4, das 7h40min às 9h20min.  

Também estão no calendário a participação na Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB), na Olimpíada Brasileira de Física (OBF), na Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), na Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) e na Olimpíada Brasileira de Matemática de escolas (Obmep). 

A fim de dar suporte aos candidatos, a Coordenação Pedagógica das etapas está organizando grupos de estudos preparatórios durante o turno inverso de aula. 

 

Olimpíada de Biologia

A Olimpíada Brasileira de Biologia, voltada para estudantes do Ensino Médio, tem três fases. As duas primeiras fases são realizadas na Escola e a terceira, marcada para julho, na Hungria.  

 

Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras 

A OIMSF, seção brasileira do evento “Mathématiques sans Frontières”, envolveu 47 estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental. Uma competição resolvida em equipe, a Olimpíada irá divulgar os resultados no site até o dia 20 de maio. Entre os prêmios para as equipes ou escolas que se destacarem está o credenciamento para competições internacionais. 

 

Olimpíada de História

Voltada aos estudantes do 8º ano o Ensino Fundamental ao Ensino Médio, a Olimpíada Nacional de História do Brasil - 11ª edição é composta por seis fases online e uma presencial, no dia 17/8, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A cerimônia de premiação está marcada para o dia seguinte, 18, também na Unicamp.  

Ano passado, foi a primeira vez que a Escola participou da Olimpíada, com 24 estudantes. Das oito equipes inscritas pelo Colégio, três chegaram até a penúltima fase. 


Olimpíada Brasileira de Física

A OBF mobilizou, no Colégio, 31 estudantes do 9º ao EM. Composta de três fases objetiva, dissertativa e experimental e teórica no mesmo dia, o evento, assim como nos anos anteriores, realiza as provas entre maio a outubro. 

Em 2018, dos oito jovens inscritos do João XXIII, um foi classificado para a final.   


Olimpíada de Astronomia                                

Estimulados pelo projeto “Astronomia: Um mundo muito além do nosso planeta” e pelas aulas práticas e contextualizadas, 50 estudantes do 9º ano ao EM se inscreveram na OBA. A prova será aplicada no dia 17/5, na Escola, e os primeiros colocados na Olimpíada vão participar da Jornada Espacial realizada em São José dos Campos, no Polo de Astronáutica do Brasil. 

Ano passado, em razão de sua boa classificação, o estudante Artur Beineke Corrêa, do 9º ano do Ensino Fundamental, foi convidado a participar das “Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica” e “Olimpíada Latino Americana de Astronomia e Astronáutica”. De Porto Alegre, apenas 12 alunos foram selecionados. 

Em 2017, dos 36 estudantes do João XXIII inscritos no evento, quatro alunos conquistaram medalhas de bronze e prata. Entre o grupo estava o ex-aluno Leonardo Capaverde, que devido ao seu bom desempenho na OBA, foi pré-selecionado para as “Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica” e “Olimpíada Latino Americana de Astronomia e Astronáutica”.

 

Mostra brasileira de foguetes de garrafa pet

Os 37 estudantes inscritos na Mostra Brasileira de Foguetes, da 1ª série do EM, tem até o dia 17/5 para construírem e lançarem seus foguetes. Os jovens terão o apoio da professora Marina e os lançamentos acontecem no próprio João XXIII. As 200 melhores equipes serão selecionadas para participarem da Jornada de Foguetes, em Barra do Piraí, Rio de Janeiro.  

 

Olimpíada brasileira de Matemática 

A já conhecida Obmep teve, neste ano, 95 inscritos. Voltada para estudantes do 6º ao EM, a competição acontece em duas etapas e os candidatos são divididos em três níveis: nível 1 para alunos do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental; nível 2, para alunos do 8º e 9º ano do E.F.; e nível 3, alunos do Ensino Médio. 

A primeira fase, com prova objetiva, está prevista para maio, no próprio João XXIII. A próxima, que acontece em setembro, é a aplicação de prova discursiva. 

No ano passado, quatro estudantes receberam menção honrosa. Em 2017, 10 passaram para a segunda fase e seis receberam menções honrosas - dois de cada nível, além do 14º lugar no nível 3 conquistado pelo ex-aluno Eduardo Castelli Kroth.