Mentorias entre os professores  proporcionam troca de saberes

Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender.” Esta máxima do educador Paulo Freire é uma prática entre os professores do Colégio João XXII que, além de ensinarem os estudantes, também trocam saberes entre si por meio das Mentorias. “É um momento em que os professores de cada uma das áreas do conhecimento (conforme a divisão do MEC) se encontram para discutir pautas comuns e planejamentos”, explica o professor de Matemática na 1ª e 2ª séries do Ensino Médio Cassio Kiechaloski Correia de Mello, responsável pela atividade sobre Geogrebra, realizada no último dia 19 de setembro,  sob a coordenação do Mentor da Matemática da Escola, Luciano Stropper.

O encontro, realizado via plataforma Zoom, das 18h às 19h30min, girou em torno da Geogebra, um software matemático gratuito com inúmeras aplicações. “Com ele, pode-se trabalhar qualquer disciplina que envolva algum critério numérico ou geométrico de maneira dinâmica, com mudanças de gráficos e figuras em tempo real”. O software também possibilita estudar, por exemplo, os movimentos em problemas de Física, com o gráfico surgindo a medida em que um objeto se move. 

Tenho usado em aulas de Geometria Espacial para que os alunos possam visualizar todas as perspectivas figuras em três dimensões”, exemplificou, destacando, ainda, outro benefício da ferramenta: “os estudantes precisam obedecer às propriedades geométricas para criar figuras sem que estas se deformem com o movimento. Então já é mais uma oportunidade de aprendizado”.  Durante a mentoria, além de mostrar como funcionam os comandos básicos do softwre, ele fez demonstrações práticas montando as principais figuras geométricas para facilitar a visualização. 

Embora Cássio trabalhe com adolescentes, ele espera ter despertado o interesse até mesmo dos colegas responsáveis pela educação das crianças, também presentes no encontro. E, pela avaliação de Andreia da Costa Peixoto Laurino - professora Regente do 2º ano – conseguiu atingir seu objetivo. “A mentoria do professor Cássio foi de ótima qualidade. Eu não conhecia a ferramenta e vejo que será possível adaptar para a faixa etária com a que trabalho, assim aprimorando as minhas aulas. Fiquei a pensar em alternativas, ideias e estratégias para a minha prática”, entusiasmou-se Andreia, concluindo: “a troca de experiência e conhecimento é muito válida entre os docentes”.