Cristine Schneider em capacitação para profissionais do João XXIII, no sábado, 30

"Atendimento é a nutrição das relações. Quando falo em atendimento falo em amor, em sorriso, em dar o melhor para o outro", disse a palestrante *Cristine Schneider para os 39 profissionais do João XXIII que participaram da capacitação "Qualidade do Atendimento: Uma questão de Consciência, Disposição e Compromisso", na manhã de sábado, 30. 

Planejado pelo comitê de Captação, o evento contou com o apoio da Direção e do departamento de Recursos Humanos da Escola. Reconhecer as habilidades e atitudes necessárias para a experiência no atendimento ao público, vindo ao encontro dos valores da instituição e satisfação da comunidade escolar é o principal objetivo da formação que, ao final, irá construir um documento com o “jeito de atender João XXIII”. 

Além dos profissionais convidados estavam presentes o vice-presidente da Fundação Educacional João XXIII José Alencar Lummertz, a secretária de Ensino e integrante do comitê de Captação Fernanda Radajeski e a mãe, conselheira e também membro do comitê, Cristiane Vieira. O presidente em exercício do Sinepe, Osvino Toillier, que esteve na abertura da capacitação, acredita que o sábado foi “um momento de cultivo pessoal e de aperfeiçoamento profissional. A escola é um mundo mágico para as crianças e elas precisam ver e sentir nos profissionais o reflexo desse mundo mágico. Elas precisam perceber a possibilidade de serem ajudadas por vocês”. 

Para Cristina Ferreira de Mello, coordenadora de turno, a manhã foi de conhecimento interpessoal. “É importante essa escuta sobre as habilidades de cada colega que são importantes para a engrenagem da Escola e percebo que, em cada fala, tem uma paixão que move cada um e isso é João XXIII”, falou. Cristine complementou: “essa coletânea de qualidades pessoais que vocês destacaram importantes para o funcionamento do Colégio é o que torna o João XXIII forte”, observou complementando, ainda, que os profissionais participantes da formação são, agora, multiplicadores para os times de cada um.        

Agora, além de multiplicar, os participantes irão destacar em grupos pontos relevantes para o atendimento da Escola e, num próximo encontro, ainda sem data marcada, vão construir o documento “jeito de atender João XXIII”. 

*Cristine Schneider é  bacharel em Relações Públicas e pós-graduada em Pedagogia Empresarial (Feevale). Ela atua há mais de 15 anos na prestação de serviços às empresas - comércio e serviços e indústria, com consultoria e treinamentos nas áreas da comunicação, atendimento e trabalho em equipe.